STARTUP APRESENTA PROJETO PARA BANCA DE AVALIAÇÃO E É APROVADA PARA INCUBAÇÃO

 

    A empresa MAKER, apresentou na tarde de ontem(12),  projeto constituído de ferramentas de Hardware e Software, que tem por objetivo a mensuração de grandezas e o monitoramento em tempo real dos movimentos em máquinas e a interação humana dentro do processo produtivo.

    O projeto da plataforma tem total convergência com os conceitos e princípios funcionais da industria 4.0. Permitindo a seus utilizadores o trabalho orientado a serviços com modularização, a análise dos resultados de produção com recursos de mensuração e a avaliação de sua capacidade de operação em tempo real.

    O Centro Incubador da Fundetec, irá incubar a empresa  por um período de dois anos,  para auxiliar no desenvolvimento do projeto e na escalabilidade do negócio, oferecendo para os sócios, espaço físico, espaço de Coworking, laboratórios e equipamentos de Hardware e Software, Networking, participação em feiras e eventos, assessoria e consultorias e aproximação de investidores.

     “Estamos criando um ecossistema consistente em nossa cidade e região, capaz promover o desenvolvimento de idéias inovadoras e projetos significativos através da Fundetec e de empreendedores inovadores. Desta forma, Cascavel avança na cultura empreendedora e já começa a render bons projetos como o da MAKER, que tem grande potencial de desenvolver soluções para a industria de transformação e variados ramos de negócios. As start-ups que apresentarem projetos mais aderentes aos desafios dos problemas encontrados no agronegócio e na industria, irão encontrar suporte e apoio da Fundetec. " palavra do presidente da FUNDETEC".