Technovação reuniu mais de dez mil pessoas entre os dias 17 e 20

O sucesso da primeira edição é a porta de entrada para uma nova realidade tecnológica em Cascavel

Natalia Paiva

 

Entre os dias 17 e 20 de maio ocorreu o TechnovAção e a 10ª InnovaCities em Cascavel. O evento foi realizado pela Fundetec (Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico de Cascavel) em parceria com a ABIPIR (Associação Brasil Internacional de Inventores, Cientistas e Empreendedores Inovadores) e com apoio da Prefeitura Municipal de Cascavel. Aproximadamente dez mil pessoas passaram pelo local durante todos os dias da Feira.

 

A Feira

Durante os quatro dias, os visitantes puderam participar de palestras, oficinas e workshops, além de conhecer empreendimentos inovadores nas mais diversas áreas desde a tecnológica até a alimentícia.

Entre os palestrantes estavam o Youtuber Iberê Thenório do Canal Manual do Mundo, a artista Alice Monstrinho, o publicitário e empresário Walter Longo, entre outros. Nas oficinas, um dos destaques foi a oficina “Aprender Digital” que desenvolve trabalhos que auxiliam a inclusão de crianças com deficiências nas escolas municipais e também a Oficina “Mãos na Massa” que incentiva a criatividade dos pequenos, através de brincadeiras práticas que podiam ser realizadas durante a feira.

Segundo Ivone, uma das orientadoras do “Aprender Digital”, o projeto teve uma grande divulgação e participação “Nós recebemos muitas crianças que ganharam conhecimento desse material e de como é feita a inclusão de colegas que possuem alguma deficiência, hoje as escolas estão recebendo muitas crianças com necessidades especiais”.

Já a artista e escritora Alice Monstrinho, conta que ficou muito contente com o convite e que se surpreendeu com o público “tive um contato muito grande com o público de todas as idades. Durante as minhas palestras eu falo sobre a criação de quadrinhos independentes, mercado profissional e publicação, quais os passos que tem que se seguir”.

Premiação

Ainda durante o TechnovAção ocorreu a premiação do “Prêmio Cascavel de Inovação” que premiou empresas e pessoas que desenvolveram projetos e que se destacaram em inovaram, em tecnologia ou em ciência. Concorreram as seguintes categorias Empresa Inovadora; Aluno Inovador; Startup Tecnhovação; Projeto de Inovação e Hackathon InnovaPública.

Os premiados em cada categoria foram: DataCoper, na empresa inovadora, seguida pela Seta Digital e terceira colocada Colchões Marathana. Já na categoria “Aluno Inovador” o Colégio Sesi Cascavel levou todos os prêmios. O aluno Daniel Zago ficou em primeiro lugar, enquanto Luiza Antonia Kleinibing e Rhyan Henrique Noel Basi ficaram em segundo e terceiro lugar respectivamente.

Na Startup Inovadora, apenas duas empresas se inscreveram, sendo que a “Aprova Digital” ficou em primeiro lugar e a Tekix em segundo. Para Carlos Schulz, Diretor Técnico da Fundetec, um dos motivos é a inospitalidade do Brasil para novas empresas, como comentou na entrega ao segundo colocado, “Parabéns Diego pela iniciativa empreendedora, ainda mais em um país inóspito como o Brasil, que com certeza não é fácil”

No “Projeto Inovador” os ganhadores foram Rafael dos Santos com o projeto: “A influência dos principais materiais empregados em blindagens de salas de radioterapia sobre as doses indesejáveis nos pacientes, analisada através da modelagem computacional do tratamento do câncer de mama”; Escola Municipal Maria Tereza Abreu de Figueiredo, que inscreveu o “Projeto de robótica educacional mate-tux” e em terceiro lugar ficou Thiago Guerra com “Modelagem do ciclo térmico do processo gmaw em aços inoxidáveis duplex pelo método de elementos finitos”.

A última premiação foi a do Hackathon, que premiou três de quatro projetos de desenvolvimento de softwares para necessidades municipais. Em primeiro lugar ficou o grupo UPA+, que desenvolveu um aplicativo para ajudar as Unidades de Pronto Atendimento na organização Em segundo lugar ficou a Equipe D’Avicci que desenvolveu um Software para ajudar na catalogação de obras de arte no acervo da Prefeitura. Em terceiro lugar ficou o grupo Fala Escola, que fez um aplicativo para incentivar e melhorar a comunicação entre escola e pais de alunos de forma saudável.

Reconhecimento

O prefeito Leonaldo Paranhos esteve presente na premiação de domingo e falou um pouco sobre a satisfação do evento “Eu estou muito feliz com esse desafio. Cascavel tem muito a oferecer ao Brasil. O evento foi um sucesso, mesmo com todos os imprevistos, mas tenho certeza que ano que vem vai ser melhor”.

O Presidente da Fundetec, Alcione Tadeu Gomes, também ficou muito feliz pelo evento e promete que ainda esse ano haverá mais um evento na área de tecnologia “estamos idealizando um evento para novembro que traga todos os aspectos de uma cidade inteligente, como, uma cidade humanizada, uma cidade sustentável e por que não tecnologia e inovação no emprego de melhorar a vida das pessoas”.

O TechnovAção foi reconhecido internacionalmente pelo IFIA (Federação Internacional de Associações de Inventores) maior órgão em relação a ideias inovadoras, que fica sediado na Bélgica, Europa. Segundo a Associação o evento foi de relativa importância para o desenvolvimento de inovação e de incentivo aos criadores e inventores.

Próximo TechnovAção

Com o sucesso do Evento, já foi decido que entre os dias 17 e 19 de maio de 2019 ocorrerá a segunda edição do TechnovAção. Segundo o Prefeito Paranhos o evento será realizado independentemente das dificuldades “É preciso enfrentar os problemas, mas buscar soluções. Ano que vem nós nos reencontramos aqui”.