PROCAF: Evento é referência para produtores familiares de Cascavel e Região

Produtores puderam aprender novos meios e processos dentro da produção leiteira

Na última quarta-feira (03) foi realizado o 3º PROCAF (Programa de Cooperação e Capacitação em Gestão na Agricultura Familiar) com foco na “Qualidade e Inovação na Produção Leiteira”. Durante o evento ocorreram palestras e vistas técnicas nas instalações da SISCOOPLAF, incubada da Fundetec, a qual é administrada por produtores familiares de Cascavel e região.

CICLO DE PALESTRAS

O evento começou as 10h com a fala do diretor técnico, Carlos Schulze que fez o ato introdutório. Logo após, foi a vez do secretário de Agricultura de Cascavel, Nei Haveroth, que falou sobre a importância do processo de inovação na área agrícola “hoje em dia a capacitação é muito importante. E hoje vocês têm toda uma estrutura tecnológica que faz com que a produção leiteira, que possui uma grande importância na sociedade, chegue com uma maior qualidade na mesa do consumidor”.

A primeira palestra do dia foi com o professor pesquisador da EPAMIG, Adauto de Matos Lemos, que falou sobre as “Estratégias para Transformação da Matéria-Prima” e de uma forma muito divertida trouxe informações e novos conhecimentos aos participantes.

No período da tarde a primeira palestra foi o engenheiro químico da Fundetec, Frederico Lovato, que falou sobre as análises envolvidas na qualidade do leite, segundo ele, o objetivo é explicar para o produtor como realmente funcionam os processos de análise que os mesmos realizam em suas propriedades. “Muitos lacticínios possuem pequenos laboratórios, e basicamente o que eles fazem é apertar botão sem saber o que exatamente qual análise estão realizando. Vou tentar explicar de uma maneira simples o que cada análise representa”.

Também ocorreram as apresentações do engenheiro agrícola Suian Granella, que falou um pouco sobre a qualidade do leite, além das palestras da professora Luciana Farina, sobre Pagamento por Qualidade e o que significa Qualidade” e do professor Augusto Reyes Aleman, Estratégias para Controle da Qualidade da Cadeia Leiteira.

Ao final do dia, os participantes se encaminharam para as instalações da SISCOOPLAF e conheceram todo o processo de recepção, tratamento e embalagem do leite, e também sobre a produção de iogurtes. Ao final da visita, fizeram a degustação do iogurte produzido pela cooperativa.

Para os participantes foi um momento único no qual puderam aperfeiçoar as técnicas que já utilizam em suas propriedades, além de terem uma maior noção de como terão de trabalhar futuramente na produção de leite. Para Altair Teles, o PROCAF é muito importante para os produtores rurais “Hoje cada vez mais a gente tem que ir atrás de conhecimento sobre o leite para melhorar a qualidade da produção”.

SEIS ANOS DEPOIS

A última edição do PROCAF havia sido realizada em 2011, quando abordou o tema “Inovação e Controle na Qualidade no Leite sob a Normativa 51/2002 e Tecnologias Aplicadas a Usinas de Beneficiamento de Leite e Silagem Animal”.

Segundo Luiz Henrique, um dos organizadores, o evento foi realizado por perceber uma necessidade do setor e dos produtores de se inovar. “Decidimos fazer esse evento para fomentar os pequenos agricultores para as questões de qualidade e também de transformação da matéria prima e de novos produtos. Também tem a questão de melhorar em quantidade e qualidade a produção regional, além de ser uma forma de mostrar os serviços que vem sendo desenvolvidos na Fundetec”.